Seguidores

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Menstruação desregulada pode indicar problem

Irregularidades menstruais podem estar relacionadas a uma série de doenças que só um especialista é capaz de diagnosticar. Por isso, é fundamental consultar o ginecologista pelo menos uma vez por ano, e a qualquer sinal de que algo não vai bem (mesmo que já tenha passado pela consulta anual). Conheça os principais problemas relacionados à menstruação desregulada.
  Síndrome dos ovários policísticos – a menstruação irregular é um dos principais sintomas da síndrome dos ovários policísticos, condição em que a mulher apresenta ovários aumentados e com a presença de cistos (pequenas bolsas). Se não tratada, a síndrome pode causar ausência de ovulação e dificuldade para engravidar, entre outras complicações.
  Endometriose – é a presença de endométrio fora do útero, principalmente nos ovários, nas trompas e na região pélvica. Pode levar à infertilidade. O endométrio é o tecido que reveste o útero, preparando-o para uma gravidez. Quando não há fecundação, ele é eliminado pela menstruação.
  Problemas de tireóide – ciclos menstruais irregulares podem indicar problemas na glândula tireóide, responsável pela produção de vários hormônios essenciais para o bom funcionamento do organismo – entre eles, os que regulam a fertilidade. Se não tratadas, as doenças da tireóide podem levar à necessidade de remoção da glândula. Quando isso acontece, é preciso repor com medicamentos os hormônios que antes eram produzidos pelo próprio corpo.
  Miomas uterinos – São tumores uterinos benignos, que podem aparecer em várias partes do útero. Às vezes, são assintomáticos, mas quando provocam sintomas, um deles é a menstruação irregular. Dependendo do tamanho, os miomas podem exigir acompanhamento médico e cirurgia, principalmente quando causam dor, sangramento e infertilidade.
  Desnutrição – Irregularidades menstruais podem ser indícios de distúrbios alimentares, como a bulimia e a anorexia. Também pode ser uma conseqüência da desnutrição, já que sem alimentação adequada, o organismo não consegue produzir os hormônios responsáveis por regular o ciclo menstrual.


 FONTE :http://www.portalfeminino.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário